Publicada no dia 30/03/2008
OITAVA DA PÁSCOA
Nessa semana da Oitava de Páscoa, acompanhamos nas leituras dos Evangelhos as manifestações do Cristo ressuscitado aos seus discípulos (Jo 20, 19-31). A iniciativa é sempre do Senhor, que ora aparece à Maria Madalena e às mulheres no jardim do sepulcro; ora caminha com os discípulos (Emaús): ora vai ao encontro dos apóstolos no seu trabalho (pesca milagrosa); ora se apresenta no meio deles reunidos.
Nesse 2o. Domingo de Páscoa, temos a aparição de Jesus aos discípulos desejando-lhes: "A paz esteja convosco!". Vemos nessa passagem a incredulidade de Tomé, que ali não se encontrava nesse momento. E o Senhor veio novamente para que Tomé também fizesse a experiência do Ressuscitado em sua vida. E após essa experiência temos a bela profissão de fé de Tomé: "Meu Senhor e meu Deus"!. Esse exemplo fica para nós como um grande ensinamento: também somos chamados, pessoalmente, a fazermos a experiência do Cristo ressuscitado em nossa vida. Estejamos de coração aberto, atentos e dóceis a ouvir a Sua Palavra, a percebermos as manifestações do Seu amor e de Sua misericórdia em nossa vida. Ele quer se manifestar a cada um de nós, apesar de nossa incredulidade, e permanecer conosco e armar em nosso coração a Sua tenda.

Madre Martha Lúcia Ribeiro Teixeira, osb