Solenidade da Ascensão do Senhor
Aniversário da Bênção Abacial de Me.Martha Lúcia,OSB


No 13º Aniversário da Bênção Abacial de nossa Me.Martha Lúcia, OSB, no domingo 5 de junho, Solenidade da Ascensão do Senhor, tivemos a Celebração Eucarística presidida por D.José Luiz Bertanha, Bispo da Diocese de Registro, hospedado em nosso mosteiro com um grupo de seminaristas.

Um concerto de órgão marcou a comemoração da data, à tarde. O renomado organista José Luís de Aquino apresentou peças de Bach, Purcell e a belíssima Ave Maria de Schubert, entre outras. O concerto aconteceu na igreja de nosso mosteiro. Familiares e amigos participaram com nossa comunidade deste momento de música e beleza.

Em um alegre recreio festivo de nossa comunidade, após Vésperas de Domingo, Me.Martha Lúcia foi homenageada com apresentações musicais preparadas pelas irmãs. Confira as fotos.

José Luis de Aquino

Organista brasileiro, nascido em São Paulo, realizou seus estudos de órgão com os professores Ângelo Camin e Gertrud Mersiovsky e de piano com Alfredo Cerquinho. Em Paris, estudou com a organista Suzanne Chaisemartin, discípula de Marcel Dupré.
Bacharel em Música – Órgão pela Faculdade Santa Marcelina. Mestre em Música – Órgão pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e Doutor em Artes – Música pela Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo – ECA – USP.
Ao longo de 18 anos, foi organista titular do Mosteiro de São Bento de São Paulo.
Apresenta-se regularmente como solista junto a importantes orquestras do país. Tem realizado inúmeros recitais no Brasil e no exterior, atuando em Festivais Internacionais de Órgão, em diversas cidades da França, Alemanha, Áustria, Suíça, Polônia, Itália, Holanda, Espanha, Hungria, Bélgica, Argentina, Uruguai, Chile, Israel e México. Elogiosas críticas ao seu trabalho foram publicadas em importantes periódicos de vários países do exterior. Exerce ainda intensa atividade como camerista.
Por 15 anos, foi docente do Instituto de Artes da Universidade Estadual Paulista (UNESP), responsável pelo Curso de Órgão. Atualmente, é professor doutor do departamento de Música da Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo.
Foi contemplado com o Prêmio “Revelação”, outorgado pela Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA), em 1986. Gravou em 1991, no Mosteiro de São Bento de São Paulo, o primeiro “Compact Disc” de órgão do Brasil, intitulado “Passacaglia e Fuga”, com obras de Bach, Liszt, Camin e Reger. Em sua discografia, constam ainda trabalhos com coros, além de gravações de recitais ao vivo, tanto no Brasil como no exterior.
Idealizador do “Festival Internacional São Bento de Órgão”, coordenou suas cinco primeiras edições. Ainda no ano de sua criação (1994), recebeu da APCA o “Grande Prêmio da Crítica”.
De 1996 a 2002, apresentou semanalmente, na Rádio Cultura FM de São Paulo, o programa “Toccata”, dedicado ao repertório organístico; atualmente, apresenta “Escrita Musical e Improvisação” na Rádio USP FM.
Em 1998, recebeu da Secretaria do Estado da Cultura de São Paulo o “Prêmio Carlos Gomes”, como melhor solista instrumental.
Fez parte da Comissão de Música da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo.