Eucaristia celebrada por D.Abade José Palmeiro Mendes,osb

“Há uma semana, os nossos olhares foram atraídos pelo mistério da Santíssima Trindade; hoje somos convidados a fixá-lo na Hóstia sagrada: é o mesmo Deus! O mesmo Amor!” (Papa Bento XVI)
Neste ano, a Eucaristia de Corpus Christi foi celebrada em nosso mosteiro pelo Abade Emérito e Prior do Mosteiro de São Bento do Rio de Janeiro, D.José Palmeiro Mendes,osb, e concelebrada pelos sacerdotes Pe.Carlos Alberto Cirto de Oliveira, da Congregação Oblatos de Maria Virgem, e Pe.Valdeir dos Santos Goulart, das Edições CNBB.
Embora se faça memória da Instituição da Eucaristia na Quinta-Feira Santa, D.Abade José enfatizou em sua homilia a merecida importância da celebração desta Solenidade, recordando que a “eucaristia é sacramento de amor” e que “todos somos tabernáculos vivos”. Terminou com o belo trecho inicial da Sequência de Corpus Christi: “Terra exulta de alegria, louva teu pastor e guia com teus hinos, tua voz! Tanto possas, tanto ouses, em louvá-lo não repouses: sempre excede o teu louvor! Hoje a Igreja te convida: ao pão vivo que dá vida, vem com ela celebrar! Este pão que o mundo o creia! Por Jesus na Santa Ceia foi entregue aos que escolheu.”
Alegremo-nos e vivamos diariamente com o profundo sentido desta Solenidade, recordando que a Eucaristia realiza a unidade da Igreja em Cristo. Pela comunhão com o Corpo de Cristo, os cristãos se unem a Cristo e em entre si.