Aniversário do início do Louvor Divino e Dedicação da Igreja

“Concedei, Senhor, que a obra que aqui realizastes, perdure por vossa misericórdia e que não cesse nunca a ação de graças em nossos lábios e em nossos corações.”(Oração dos Fiéis)

21 de julho de 1974! Há 41 anos, início do Louvor Divino neste Mosteiro e há 13 anos, a dedicação de sua Igreja Abacial do Cristo Ressuscitado.
Recordemos nossas fundadoras por tudo que fizeram e fazem por nós, visível e invisivelmente e de aumentar no céu a glória de nossas queridas Madre Dorotéia, Ir.Emerenciana, Ir.Paulina e Ir.Melânia.
Neste dia, a Eucaristia foi celebrada por nosso irmão D.Plácido Guarnieri, OSB, monge da Abadia de São Geraldo, Morumbi, São Paulo, e concelebrada por Pe.Fernando Gross, reitor do Seminário São José, Diocese de Santos, e amigo do mosteiro. D.Plácido recordou em sua homilia que para São Bento, o mosteiro é uma escola do serviço do Senhor, a casa de Deus e a oficina da arte espiritual. “Uma escola, uma casa, uma oficina, onde se busca a Deus.”
Nossa Madre Martha Lúcia e toda a comunidade hoje se alegram com a recordação das incontáveis graças recebidas e pede por todas as comunidades monásticas do Brasil, para que, sob a moção do Espírito Santo, percorramos, com entusiasmo crescente, o caminho da Santa Regra, trilhado pelas incontáveis gerações de monges e monjas que nos antecederam.
Agradecemos também a todos que colaboram, material ou espiritualmente, na edificação deste Mosteiro e desta Igreja. Pedimos ao Senhor para que continuem, sendo neste mundo, verdadeiros obreiros da paz!