CENTENÁRIO DE NASCIMENTO DE ME.DOROTEIA RONDON AMARANTE,OSB
1916 - 27 de fevereiro - 2016


“A chama que devora o pastor torna-se luz para o rebanho.” (S.Gregório de Nazianzo)

Há cem anos nascia Mariana Aracy Rondon Amarante, nossa querida Me.Dorotéia, em Paris, na França, pois na época, seu pai aí se achava, enviado a serviço pelo Governo brasileiro. Seus pais retornaram ao Brasil logo depois de seu nascimento.

Para celebrar data tão significativa para nossa comunidade, foi inaugurado um memorial em sua homenagem. O espaço foi a cela de Me.Doroteia por quase 20 anos (1974-1993), enquanto esteve como superiora do Mosteiro Nossa Senhora da Paz, primeiramente como Prioresa e depois Abadessa. Objetos particulares, algumas cartas, bilhetes e escritos, livros, trabalhos artísticos, fotos compõem o acervo.

A comemoração iniciou-se com a Celebração Eucarística presidida pelo irmão e amigo do mosteiro D.Plácido Guarnieri,osb, monge da Abadia de São Geraldo. Logo em seguida, dirigimo-nos ao Memorial, acompanhados por nossa Madre Martha Lúcia e D.Plácido que abençoou o local. Nossa Madre dirigiu algumas palavras de ação de graças e recordou vários fatos e passagens da vida de Me.Doroteia. Inaugurou o memorial juntamente com D.Plácido. Nossa Ir.Maria Beatriz, 97 anos, irmã de nossa Me.Doroteia, acompanhou tudo e fez as Preces.

Visitamos também a oficina de Cerâmica, a primeira do Mosteiro, onde estavam expostos vários trabalhos de nossa primeira abadessa. Madre Doroteia adormeceu no Senhor na tarde de 7 de junho de 2015, X Domingo do Tempo Comum, aos 99 anos de idade e 77 anos de profissão, após uma intensa participação na Paixão de Cristo. Cercada pela coroa de suas irmãs, que a acompanhavam com cantos e orações, ela partiu tranquila e serena para a Casa do Pai, munida pelos Sacramentos da Igreja.

A celebração de seu centenário de nascimento nos faz reviver com alegria e paz sua presença fecunda entre nós, intercedendo por todos junto ao Pai.